Projeto de pesquisa do Curso de Jornalismo promove evento de Educomunicação

O II Colóquio Mato-grossense de Educomunicação e I Seminário Virtual de Práticas Educomunicativas se realizaram entre os dias 13 a 18 de junho de 2016 com atividades presenciais e à distância pela Internete. Sua realização se dá graças à parceria dos pesquisadores do Curso de Jornalismo da Unemat com o Núcleo da ABPEducom-MT – Associação Brasileira de Pesquisadores e Profissionais em Educomunicação, em Mato Grosso. Continuar lendo

Anúncios

Inscrições abertas para o vestibular de Jornalismo na Unemat

Venha fazer Jornalismo numa universidade pública e gratuita. As inscrições para o vestibular na Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat) estão abertas no período de 28 de março a 5 de maio de 2016. Aqueles que solicitarem taxa de isenção dos R$ 100 reais de inscrição podem fazer no período de 28 a 31 de março.

São 40 vagas para o Curso de Jornalismo e 2.440 vagas em toda a instituição presente  em 12 municípios do estado, conforme as informações do processo de seleção do Vestibular.

Aproveite a oportunidade de integrar um curso ganhador de prêmios em eventos regionais e nacionais como o Intercom. São dez anos preparando jornalistas em Mato Grosso. Desde que a primeira turma passou a existir em 2006 no Campus de Alto Araguaia, os docentes vêm desempenhando um papel importante colocando o Curso em destaque nas discussões acadêmicas como em fóruns de professores de Jornalismo, graças às suas publicações científicas relacionadas ao ensino e aos projetos de pesquisa e de extensão.

A primeira turma colou grau em fevereiro de 2010. Ao olhar os produtos laboratoriais e as produções dos acadêmicos ao longo desses anos, percebe-se um legado de altíssima qualidade entre revistas, jornais impressos e digitais, programas de rádio e de televisão.

O Curso de Jornalismo da Unemat está oferecendo uma turma especial na cidade de Alta Floresta desde 2013, A formatura dessa turma está prevista para fevereiro de 2017.

Confira toda essa história o blog do Curso de Jornalismo: https://jornalismounemat.wordpress.com

 

 

 

Comunicação e cultura popular: 5ª edição, Ano 04, 2015/16

O prazo para o envio de textos (artigos ou entrevistas) para a edição atual da Revista Comunicação, Cultura e Sociedade, com o tema Comunicação e Cultura Popular, teve o prazo de submissão de artigos prorrogado para o dia 10 de junho de 2016.

Ao considerar o poder da comunicação em registrar, disseminar, fortalecer, integrar e reformular as mais variadas formas de expressão nos dias atuais, dessa vez o dossiê da revista Comunicação, Cultura e Sociedade (CCS) vai privilegiar o lugar-comum da cultura popular na Comunicação, e vice-versa.

Parte-se do pressuposto de que tanto a globalização das informações quanto a mundialização cultural não conseguiram dar conta de contemplar os déficits históricos de acesso ao conhecimento, tampouco de emancipação política aos grupos menos favorecidos. Ao invés disso, o que se constatou foi somente o aumento significativo dos gargalos já existentes entre, por exemplo, os letrados e os subletrados, os estabelecidos e os diferentes, os cidadãos do asfalto e os subcidadãos da periferia (morro), a cultura erudita de fora e o folclore do interior, os saberes formais e os saberes informais, senão a criação de outros: conectados e desconectados, ou os culturalmente midiatizados e os não.

O objetivo é, afinal, dimensionar experiências envolvendo a participação da cultura na mídia e/ou da mídia na cultura, em suas singularidades, aproximações e diferenças. Mas também expor casos nos quais a relação entre informação, sociedade e conhecimento popular funcione em sinergia – ou não –; logo reiterando o protagonismo do verbo comunicar não somente enquanto instrumento das massas e multidões, mas na condição de parte indispensável de um organismo chamado identidade(s) cultural.

Os questionamentos sugeridos nesta edição vão contemplar textos de Comunicação e suas áreas afins, ciente da necessidade de um dialogo mais plural com os campos mais distintos do conhecimento.

Organização da edição: Lawrenberg Silva, Rafael  Marques e Iuri Gomes

Por Lawrenberg Silva Editor-Geral da revista Comunicação, Cultura e Sociedade
Publicado inicial em Portal Unemat.

Projetos Experimentais – Telejornalismo e Documentário

Projeto experimental de documentário apresentado ao Departamento de Comunicação Social da Universidade do Estado de Mato Grosso, como exigência para a obtenção do título de Bacharel em Comunicação Social, Habilitação em Jornalismo. Documentário produzido, em 2014, pelos alunos José Vitor Rezende Júnior, Maiza Aparecida da Silva e Milanie Bianca de Oliveira com a orientação do professor Lawrenberg Advíncula da Silva.

Grupo de Pesquisa

O Grupo de Pesquisa Comunicação, Cultura e Sociedade foi criado em 2012 e tem por líderes as professoras Marilena Inácio de Souza e Ana Carolina de Araújo Silva.

O grupo de pesquisa reúne pesquisadores do Departamento de Comunicação Social – Jornalismo da Universidade Estadual de Mato Grosso (Unemat). O objetivo do grupo é desenvolver pesquisas voltadas a analisar a comunicação e o jornalismo, como campos de conhecimento, na relação constitutiva com a produção de sentido, práticas culturais e a sociabilidade contemporânea, a partir das dimensões simbólicas, cognitivas, estéticas que permeiam as práticas, linguagens e dispositivos midiáticos. As investigações do grupo envolvem a compreensão da interface entre a comunicação midiática, sob uma ótica que destaca as especificidades teóricas, metodológicas e epistêmicas do campo e as singularidades políticas, culturais e econômicas próprias do contexto regional.

O grupo apresenta duas linhas de pesquisa:
1. Comunicação, Cultura e Linguagens Audiovisuais
2. Jornalismo, Sociedade e Política

Projeto de extensão ARTSET

O Projeto ArtSet – Comunicação Social, em curso desde 2007, Campus da UNEMAT, Alto Araguaia – visa aproximar o discurso teórico-científico, ligado ao Ensino e à Pesquisa, da linguagem plástica e sensível da Arte-Cinema e, dessa forma, contribuir para uma formação mais humanista dos acadêmicos. O objetivo do projeto é estudar problemas e questões do cotidiano, à luz das teorias da comunicação. As ações do projeto se constituem de 10 módulos de 4h, correspondendo a um curso de 40 horas em cada semestre. Continuar lendo